Quem são o Zé e o Mauro:

José Bueno

 

José Bueno foi o criador do Dojo Harmonia em 1994. Tem raízes profundas na Arquitetura e na arte Aikido. Sonhar grande, fazer pequeno e começar logo é seu mantra preferido.

Como empreendedor há mais de 30 anos, tem viajado o Brasil e o mundo inspirando pessoas com suas histórias e experiências para diversos públicos.

É o criador do Instituto Harmonia que oferece vivências criativas no campo da formação de lideranças, da educação não-formal e da sustentabilidade.

Por dez anos foi convidado especial nos programas de desenvolvimento de lideranças da Amana-Key.

É um dos criadores da iniciativa Rios & Ruas que pretende revitalizar os rios esquecidos em São Paulo a partir da reconexão da população com o fluxo das águas na cidade.

Suas intervenções como “Arquiteto Social” iluminam a importância da experiência e dos sentidos do corpo.

Mauro Sato

 

Seu propósito é o de ajudar as pessoas na busca da prosperidade, colaborando ativamente para que estas tenham acesso ao conhecimento que transforma vidas.

Casado há mais de 35 anos e pai do André e da Mariana.

Corredor de rua e de trilha em provas com distâncias de 10K, 25K, São Silvestre (15K), Meia Maratonas (21,2K) e Maratonas (42,2K).

Graduado como 2° grau, faixa preta em Aikidô pela APA (Associação Pesquisa de Aikidô – SP) e referendada pela Aikikai Foundation/ Japan.

Praticou Tai Chi Chuan, no estilo Yang, por mais de 10 anos e é principiante em Meditação Transcendental.

Palestrante em faculdades, associações de classe e treinamentos executivos (MBA) em assuntos relacionados a Alta Performance, Liderança, Gestão, Propaganda e Marketing.

Atuou como gestor por mais de 38 anos no mercado de Publicidade e Marketing, gerenciando investimentos bilionários para mais de 30 empresas multinacionais e locais.

Qual é o macro ambiente em que estamos?

• Projeções das Nações Unidas (Fundo de Populações) indicam que uma em cada 9 pessoas no mundo tem 60 anos ou mais.

• O estudo aponta, ainda, que, em 2050, pela primeira vez, haverá mais idosos que crianças menores de 15 anos.

• Projeta-se que o número de pessoas com 60 anos ou mais alcance 1 bilhão em menos de dez anos e mais que duplique em 2050, alcançando 2 bilhões de pessoas ou 22% da população global.

• O Brasil será, em 2 a 3 décadas, um dos países com maior número de idosos do mundo, e precisa correr para poder atendê-los no que eles têm de melhor e mais saudável: o desejo de viver com independência e autonomia.

• Em 2050, nada menos que 64 milhões de brasileiros – o equivalente a 30% da população – estarão com 60 anos ou mais.

• Hoje, são 25 milhões, pouco mais de 12%.

• A expectativa de vida saltará de 75 para 81 anos, acima da média mundial, que, estima-se, estará em 76.

• Só no Estado de São Paulo, o número de centenários será dez vezes maior.

• O país ocupará, então, no ranking internacional, o nono lugar na proporção de idosos na população, à frente, por exemplo, de Estados Unidos, México e Rússia.

Essa realidade inexorável, esse novo território, nunca antes explorado, pois as pessoas não chegavam até lá, impacta TODOS os aspectos da vida no nosso planeta, desde a simples leitura de um teclado de smartphone, do tempo dos semáforos para pedestres até o sistema econômico, educacional e social, com modelos totalmente novos que ainda não experimentamos. Nunca.

Queremos participar da criação desse verdadeiro Novo Mundo.